Wednesday, 18th October 2017
18 outubro 2017

O corpo docente trabalha em três turnos para manter a família unida

Professor há 20 anos atrás, Douglas Beth, de 49 anos, dá aulas em três turnos, para manter a família, em Sorocaba, de São Paulo. Dez anos atrás, corresponde ao caminho, 14 horas por dia em sala de aula na escola pública e na escola privada. Com o grau de bacharel em Ciências e educação Matemática, dá aulas de Física. “Eu tinha que arrumar um outro trabalho de rede, em particular, porque só com o salário de tutoria público estaria com fome.

“Ele relata qFilipe Redondo/Folhapressue na sua juventude, trabalhou em mais de um lugar. “Eu cheguei a dar aulas em quatro escolas”, diz, lamentando ainda a falta de tempo para preparar aulas. “O dia tem 24 horas, eu tenho 14 nas escolas, se não considerar o deslocamento. Sou professor, e amo o que faço. A situação da educação no Brasil não só não é pior porque muitos professores, como eu, dedicam de corpo e alma.”

Informações do jornal o Estado de são Paulo.

Professor (aposentado) na Rede Pública de Ensino do Distrito Federal. Especialista em Informática na Educação (UnB), Coordenação Pedagógica (UnB). Tem realizado diversas palestras em instituições pública e particulares com uma variedade de temas: Avaliação das Aprendizagens, Uso das TICs na Escola, Inteligências Múltiplas e o processo de Ensino e Aprendizagem, Atividades Lúdicas em Sala de Aula, Legislação Educacional; Uso do Livro Didático, entre outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *