Saturday, 16th December 2017
16 dezembro 2017

Metas do PNE para ensino médio não serão cumpridas se ritmo atual for mantido

As metas previstas no Plano Nacional de Educação (PNE) para o ensino médio não serão cumpridas se o país boneco-listamantiver o atual ritmo de inclusão de estudantes e de adequação de idade com a série cursada. De acordo com projeção feita pelo Instituto Aytron Senna, até o final da vigência da lei, em 2024, mantido o cenário atual, o Brasil ainda terá que incluir mais de 10% dos jovens na etapa. Para cumprir as metas, o principal desafio é tornar a escola mais atrativa. O levantamento, feito com base nos dados do Instituto Brasileiro de Geografia e plenário.

A expectativa, de acordo com o deputado, é que a votação ocorra até o final do ano. O MEC informou, em nota, que considera que as ações da gestão anterior foram pulverizadas e não mostraram os resultados esperados para a etapa de ensino. Apesar disso, diz que nenhum programa da pasta será abandonado. “A nova equipe, conforme afirmou o ministro Mendonça Filho, terá como prioridade a reforma do ensino médio”.

CLIQUE AQUI E LEIA A REPORTAGEM NO SITE DA AGÊNCIA BRASIL

Professor (aposentado) na Rede Pública de Ensino do Distrito Federal. Especialista em Informática na Educação (UnB), Coordenação Pedagógica (UnB). Tem realizado diversas palestras em instituições pública e particulares com uma variedade de temas: Avaliação das Aprendizagens, Uso das TICs na Escola, Inteligências Múltiplas e o processo de Ensino e Aprendizagem, Atividades Lúdicas em Sala de Aula, Legislação Educacional; Uso do Livro Didático, entre outros.