Thursday, 23rd November 2017
23 novembro 2017

Marcha Atlética

20.000 metros marcha – Masculino – A marcha é também uma criação inglesa, os famoso “footman”, que cobriam distâncias fantásticas nos séculos XVII e XVIII.
O homem que é considerado o criador da disciplina como a conhecemos, foi, no entanto, um americano, Edward Payson Wetson, que passou a maior parte da sua vida atravessando o continente americano marchando.
Não obstante ter uma técnica difícil, as regras da marcha são muito simples: 1ª – um dos pés deve estar sempre em contato com o solo; 2ª – a perna deve estar reta desde o momento que o pé tocar o solo até sua passagem na vertical.
Foi introduzida nos Jogos Olímpicos em 1908, tendo sofrido no entanto alterações nas distâncias contestadas.
No Brasil, o primeiro recorde reconhecido foi do atleta RICARDO NUSKE, em São Caetano do Sul, em 1973 com o tempo de 1.41.12.8.

20.000 metros marcha – Feminino – A marcha é também uma criação inglesa, os famoso “footman”, que cobriam distâncias fantásticas nos séculos XVII e XVIII.
O homem que é considerado o criador da disciplina como a conhecemos, foi, no entanto, um americano, Edward Payson Wetson, que passou a maior parte da sua vida atravessando o continente americano marchando.
Não obstante ter uma técnica difícil, as regras da marcha são muito simples: 1ª – um dos pés deve estar sempre em contato com o solo; 2ª – a perna deve estar reta desde o momento que o pé tocar o solo até sua passagem na vertical.
Foi introduzida nos Jogos Olímpicos em 1908, tendo sofrido no entanto alterações nas distâncias contestadas.
No Brasil, o primeiro recorde reconhecido foi do atleta RICARDO NUSKE, em São Caetano do Sul, em 1973 com o tempo de 1.41.12.8.
Foi introduzida nos Jogos Olímpicos em 1908, tendo sofrido no entanto alterações nas distâncias contestadas.
No Brasil, o primeiro recorde reconhecido foi do atleta RICARDO NUSKE, em São Caetano do Sul, em 1973 com o tempo de 1.41.12.8.

FONTE: CBAt – Confederação Brasileira de Atletismo

RECORDES

MASCULINO

FEMININO

Mundial    
Olímpico    
Sul Americano    
Brasileiro    

 

VOLTAR PARA A PÁGINA INICIAL DO ATLETISMO

Professor (aposentado) na Rede Pública de Ensino do Distrito Federal. Especialista em Informática na Educação (UnB), Coordenação Pedagógica (UnB). Tem realizado diversas palestras em instituições pública e particulares com uma variedade de temas: Avaliação das Aprendizagens, Uso das TICs na Escola, Inteligências Múltiplas e o processo de Ensino e Aprendizagem, Atividades Lúdicas em Sala de Aula, Legislação Educacional; Uso do Livro Didático, entre outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *