Wednesday, 18th October 2017
18 outubro 2017

Foi lançada no dia 10 de maio a programação para a 33ª Feira do Livro de Brasília

A tradicional Feira do Livro de Brasília chega à 33ª edição com novidades. A primeira delas é a inclusão do projeto Criança Candanga nas iniciativas para estimular a formação da nova geração de leitores no Distrito Federal. Lançado em 6 de abril pelo governador Rodrigo Rollemberg, o Criança Candanga visa dar prioridade a políticas públicas voltadas para a infância e adolescência na capital do País.

A expectativa é que cada criança que for ao evento e participar das atividades literárias leve para casa ao menos um livro. Para estimular o acesso à leitura, o evento proporá doação de exemplares para a instalação de espaços próprios em unidades socioeducativas e creches.

O anúncio da 33ª Feira do Livro foi feito nesta quarta-feira (10), com a presença do secretário de Cultura, Guilherme Reis; do secretário adjunto de Educação, Cloves Sabino; e dos organizadores do evento, além da colaboradora do governo Márcia Rollemberg.

“Parabenizo a feira pela adesão do Criança Candanga como maior patrimônio. A grande chave da mudança deste País é via cultura e educação, e vamos começar com a criança”, destacou Márcia.

Ela ressaltou a importância da feira para a vida cultural brasiliense. “Fico muito feliz com essa 33ª edição. A gente sabe que não é simples fazer um evento na cidade e principalmente no campo da literatura.”

A exposição acontecerá entre os dias 16 e 25 de junho, na área externa do shopping Pátio Brasil. O retorno a esse espaço atende uma antiga reivindicação da população e de escritores. Visa também fortalecer o Setor Comercial Sul com atividades literárias aos finais de semana. A expectativa de público é de 260 mil frequentadores.

De acordo com os organizadores, espera-se movimentar mais de R$ 5 milhões em vendas de livros neste ano. Mais de 80 expositores, entre livrarias, editoras, entidades literárias e órgãos publicadores, estarão presentes com seus produtos intelectuais.

Uma estante da Secretaria de Educação será montada para expor e divulgar trabalhos de professores e alunos. Durante todo o período do evento, estudantes de escolas do DF e do Entorno terão oportunidade de percorrer os caminhos da literatura.

A feira ocupará a parte externa do Pátio Brasil e a faixa da W3 Sul nas proximidades com barracas, tendas, um auditório, arenas jovens e infantis e o Café Topicália, onde ocorrerão diversas atividades.

O livreiro Ivan (Presença) da Silva receberá homenagem por sua dedicação aos livros e à leitura, assim como o escritor Gustavo Dourado, da Academia Taguatinguense de Letras. Serão também homenageados “in memorian” os poetas Ferreira Gullar, Torquato Neto e Belchior.

LEIA A REPORTAGEM COMPLETA NO SITE DA AGÊNCIA BRASÍLIA

Professor (aposentado) na Rede Pública de Ensino do Distrito Federal. Especialista em Informática na Educação (UnB), Coordenação Pedagógica (UnB). Tem realizado diversas palestras em instituições pública e particulares com uma variedade de temas: Avaliação das Aprendizagens, Uso das TICs na Escola, Inteligências Múltiplas e o processo de Ensino e Aprendizagem, Atividades Lúdicas em Sala de Aula, Legislação Educacional; Uso do Livro Didático, entre outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *